Não importa o custo, o esforço ou o sacrifício; não se esqueça de que o Caminho existe, de que o Objetivo é atingível e está além de tudo o que você possa imaginar ou conceber agora; de que qualquer preço que tenha sido pago por sua obtenção parece insignificante quando ele é obtido; de que essa é a libertação final da escravidão dos grilhões da matéria e do sofrimento com ela relacionado. A sua obtenção é o serviço e o bem supremos que você pdoe prestar a seus irmãos atados nas correntes de Maia - Mouni Sadhu

Oração Centrante


"Quando orares, entra no teu quarto fecha a porta e ora ao teu pai em segredo; e teu pai que vê tudo num lugar oculto, recompensar-te-á. Nas vossas orações, não multipliqueis as palavras, como fazem os pagãos que julgam que serão ouvidos à força de palavras". (Mateus, 6, 6-7)

"No centro do nosso ser, existe um ponto como que vazio, intocado pelo pecado e pela ilusão, um ponto de pura verdade, um ponto, uma centelha que pertence inteiramente a Deus... Este pontinho "de nada" e de absoluta pobreza é pura glória de Deus em nós... É como um diamante puríssimo, a brilhar na luz invisível do céu. Isso existe em todos os homens, e se pudéssemos vê-lo, veríamos esses milhões de pontos de luz a juntar-se na face e no ardor de um sol que faria desaparecer completamente toda a escuridão e toda a crueldade da vida..." (Thomas Merton)

Sente-se quieto e relaxado, coluna ereta. Use uma cadeira ou banquinho de meditar, ou sente-se na posição do Buda. O importante é que a posição seja confortável e lhe permita ficar tão imóvel quanto possível na sua oração, pois a quietude do corpo favorece a quietude do espírito. 

  1. Tranquilize-se na Fé e no Amor a Deus, O qual habita no centro do seu ser. Respire suavemente, acalme-se na presença do Senhor que te ama e espera...
  2. Escolha uma palavra que lhe agrade (por exemplo Deus, Pai, Amor, Paz, Fé, etc.) e deixe-a presente, sustentando seu ser para Deus com amor e fé. Não perca muito tempo escolhendo essa palavra, pois você não vai se concentrar em seu significado, nem ficar refletindo sobre ela. Ela te servirá como âncora, para te "segurar" na Presença de Deus. Peça ao Deus da sua compreensão que o ilumine na escolha dessa Palavra que será a partir de então a sua palavra espiritual.

    Pode usar essa pequena oração para iniciar, todas às vezes:

    "Poder Superior, esta Palavra Espiritual é minha intenção de permanecer em tua presença nessa oração. Através dela, eu consinto em vossa Presença e Ação em minha vida e abro mão de todos os meus "projetos pessoais" para a felicidade. Procurando apenas me aquietar e desapegar-me de meus pensamentos, incluindo minhas emoções, abrindo-me à escuta e à vossa presença amorosa em minha vida. Que assim seja".
  3. A cada vez que você perceber sua mente vagando (ela adora fazer isso, é como o macaquinho irrequieto, pulando de galho em galho), simplesmente retorne à Presença de Deus, repetindo mentalmente sua palavra espiritual. O importante nessa oração é nosso ser desnudo, calado, quieto, em adoração, diante do Ser que habita nosso ser e nos faz ser. Nesse momento, somos, para Deus apenas. Não vamos falar, não vamos pedir. Ele sabe do que precisamos. Vamos fazer espaço para Ele em nós. 
"Se queres ouvir o Inominável, mergulha
no Santuário interno de teu próprio ser,
e ali, meditando rente ao altar-mor, 
talvez consigas aprender que Ele tem uma voz,
À qual, se fores sábio, obedecerás".

Leonardo da Vinci 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

"Quem já sentiu o Espírito Supremo não pode confundi-LO com nada, esquecê-LO ou negar SUA existência. Ó Mundo, se recusares a reconhecer SUA existência com voz unânime, irei abandoná-lo e ainda preservar a minha fé".

"A percepção do desconhecido é a mais fascinante das experiências. O homem que não tem os olhos abertos para o misterioso passará pela vida sem ver nada." - Albert Einstein

"Enfim, podemos continuar acreditando que somos criaturas localizadas, isoladas e condenadas, confinadas ao tempo e ao corpo, e separadas de todos os outros seres humanos. Ou então abrimos os olhos para a nossa NATUREZA IMPESSOAL e ONIPRESENTE e para a MENTE UNA da qual fazemos parte. Se escolhermos a primeira alternativa, nada nos salvará. Se porém, resolvermos despertar para este divino EU, estaremos frente a frente com um novo alvorecer." - Larry Dossey