Não importa o custo, o esforço ou o sacrifício; não se esqueça de que o Caminho existe, de que o Objetivo é atingível e está além de tudo o que você possa imaginar ou conceber agora; de que qualquer preço que tenha sido pago por sua obtenção parece insignificante quando ele é obtido; de que essa é a libertação final da escravidão dos grilhões da matéria e do sofrimento com ela relacionado. A sua obtenção é o serviço e o bem supremos que você pdoe prestar a seus irmãos atados nas correntes de Maia - Mouni Sadhu

Os sábios iluminados


Os Mestres existem não como uma comunidade especial em um distante Tibete, mas como indivíduos espalhados em diferentes partes do mundo. Eles possuem seus poderes estranhos e segredos enigmáticos, mas não são as demonstrações sensacionalistas e teatrais que ocultistas imaginativos gostariam que acreditássemos que fossem.

Eles pertencem a uma ordem espiritual invisível que não precisa ser uma visível organização, pois essa nunca poderia expressar tal ordem e só limitaria sua universalidade e falsificaria seus insights.

Quanto mais espiritualmente forte o ser humano se torne, menos ele necessitará de se apoiar em outros semelhantes. Consequentemente, os místicos avançados têm pouco ou nenhuma necessidade de unirem-se a qualquer sociedade, fraternidade ou comunidade. Toda conversa sobre adeptos e mestres como membros de tais associações, vivendo juntos no Tibete ou em outro lugar, é uma fantasia absurda.

A raridade de tais seres humanos entre nós mostra o que facilmente se vê – sua realização é difícil de alcançar. Também nos mostra que a maioria deles não retorna novamente á terra. Eles prosseguem adiante. Mas a tradição diz que eles não seguem sem antes, pelo menos, iniciarem uma outra pessoa.
Eles são tão poucos, seu valor para a sociedade tão grande, que, devido á densa escuridão ao nosso redor, sua presença entre nós é a maior das bênçãos.

A sucessão de salvadores tem existido desde que a raça humana existe. O poder infinito, que conduz a evolução dela, sempre poderá ser confiado de que mandará esses seres iluminados, de acordo com suas próprias leis e quando a necessidade humana os solicitar. 

Entretanto, seres humanos que chegaram à suprema glória da iluminação espiritual, que realizaram ao máximo suas possibilidades divinas, são raros em qualquer era e muito mais raros ainda na nossa era materialista. 

O estudo da história desde tempos remotos mostrará que, quando quer que sábios e santos surgiram, existiram grandes males no mundo de seu tempo e que eles sempre foram figuras excepcionais entre seus conterrâneos. Suas memórias foram cuidadosamente guardadas por aqueles que sabiam da importância dos valores corretos. Essa importância permanece hoje em dia e o que esses seres de evidente sabedoria e sacralidade tiveram a dizer, sobre as leis superiores da vida e sobre a natureza mais elevada do ser humano, permanece tão verdadeiro hoje quanto antes. 

Contudo, pode ser que tais seres humanos estejam desaparecendo do cenário mundial e que seus sucessores atuais sejam de um segundo ou terceiro grau, possuidores de uma iluminação mais superficial e de uma percepção mais limitada. 

A existência do sábio, como um tipo humano, é difícil de ser evidenciada simplesmente porque a existência dele, como indivíduo, é difícil de ser confirmada. Ele é quase único no planeta. Por questões práticas, será melhor se dizer que ele é muito mais um Ideal do que uma Atualidade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

"Quem já sentiu o Espírito Supremo não pode confundi-LO com nada, esquecê-LO ou negar SUA existência. Ó Mundo, se recusares a reconhecer SUA existência com voz unânime, irei abandoná-lo e ainda preservar a minha fé".

"A percepção do desconhecido é a mais fascinante das experiências. O homem que não tem os olhos abertos para o misterioso passará pela vida sem ver nada." - Albert Einstein

"Enfim, podemos continuar acreditando que somos criaturas localizadas, isoladas e condenadas, confinadas ao tempo e ao corpo, e separadas de todos os outros seres humanos. Ou então abrimos os olhos para a nossa NATUREZA IMPESSOAL e ONIPRESENTE e para a MENTE UNA da qual fazemos parte. Se escolhermos a primeira alternativa, nada nos salvará. Se porém, resolvermos despertar para este divino EU, estaremos frente a frente com um novo alvorecer." - Larry Dossey