Não importa o custo, o esforço ou o sacrifício; não se esqueça de que o Caminho existe, de que o Objetivo é atingível e está além de tudo o que você possa imaginar ou conceber agora; de que qualquer preço que tenha sido pago por sua obtenção parece insignificante quando ele é obtido; de que essa é a libertação final da escravidão dos grilhões da matéria e do sofrimento com ela relacionado. A sua obtenção é o serviço e o bem supremos que você pdoe prestar a seus irmãos atados nas correntes de Maia - Mouni Sadhu

É o iluminado perfeito?

Você poderá encontrar um sábio iluminado diariamente, por várias semanas, e mesmo assim, não perceber nada do que se passa na sua mente por não ter o insight verdadeiro sobre o verdadeiro caráter dele. Isso se deve ao fato de que você não possui a qualidade elevada necessária de percepção para que chegue a percebê-lo. Então, não existirá nenhum contato ou nenhuma comunicação real entre ele e você. 

Aquele que encontrou sua alma divina – e ela o haja encontrado – desde então estará livre das regras, restrições e disciplinas que limitam a vida de um ser humano que não a haja encontrado.

Ele poderá exercer uma influência pessoal sem que atraia publicidade pessoal sobre si. Questões como essas são as que preferem que haja esse seu tipo de anonimato.

Projetamos nossas mentes não desenvolvidas sobre esses sábios, esperando então que se comportem de acordo com nossos padrões e ideias não desenvolvidas. Se nos decepcionamos, só a nós teremos de nos culpar. 

Especulações sobre os motivos e métodos do iluminado são de pouca valia. A luz através da qual ele atua é negada aos seres comuns. Não deveríamos tentar limitá-lo às qualidades que se ajustam somente àqueles que tateiam na obscuridade.

Existirão sinais do status espiritual na dignidade e serenidade em seu semblante, na ponderação e veracidade de sua fala e na impressão deixada pela sua face livre de tensões. 

Nenhum iluminado se apresenta como tal para o público; cabe aos outros perceber o segredo da sua realização. E como só aqueles que desenvolveram a mesma capacidade que ele poderão percebê-lo, usualmente ele permanece obscuro e desconhecido. Ele nem mesmo busca recrutar discípulos, pois sabe que os poucos que poderão absorver sua ajuda virão pelo destino. 

Certamente, ele será não pretensioso e mesmo passar despercebido; mas isso só será para a visão externa. Para aqueles que podem ver com a mente, com o coração e com a intuição, ele será um raro mensageiro da divindade.
Entretanto, pela melhor harmonia com os fatos, a representação desses grandes iluminados deveria cessar de ser feita considerando-os entidades infalíveis ou semideuses. Eles ainda são seres humanos que algumas vezes cometem erros. 

Nenhum instrutor pode ser onisciente e todo poderoso. Tais atributos pertencem a Deus e não ao ser humano. A maioria desses instrutores cometem erros e possuem fragilidades.

Existe a tendência frequente de considerá-lo um ser mais que humano. Em certo sentido e em certa parte de seu ser interno, isso é verdadeiro. Entretanto, de diferentes maneiras, ele ainda é um ser humano.

Transformá-lo em um semideus, acreditar que sua inteligência é perfeita e seu caráter infalível, será perverter a verdade. 

Aqueles que buscam uma perfeição absoluta, seja em alguém mais ou em si mesmo, buscam o que é inatingível nesse mundo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

"Quem já sentiu o Espírito Supremo não pode confundi-LO com nada, esquecê-LO ou negar SUA existência. Ó Mundo, se recusares a reconhecer SUA existência com voz unânime, irei abandoná-lo e ainda preservar a minha fé".

"A percepção do desconhecido é a mais fascinante das experiências. O homem que não tem os olhos abertos para o misterioso passará pela vida sem ver nada." - Albert Einstein

"Enfim, podemos continuar acreditando que somos criaturas localizadas, isoladas e condenadas, confinadas ao tempo e ao corpo, e separadas de todos os outros seres humanos. Ou então abrimos os olhos para a nossa NATUREZA IMPESSOAL e ONIPRESENTE e para a MENTE UNA da qual fazemos parte. Se escolhermos a primeira alternativa, nada nos salvará. Se porém, resolvermos despertar para este divino EU, estaremos frente a frente com um novo alvorecer." - Larry Dossey