Não importa o custo, o esforço ou o sacrifício; não se esqueça de que o Caminho existe, de que o Objetivo é atingível e está além de tudo o que você possa imaginar ou conceber agora; de que qualquer preço que tenha sido pago por sua obtenção parece insignificante quando ele é obtido; de que essa é a libertação final da escravidão dos grilhões da matéria e do sofrimento com ela relacionado. A sua obtenção é o serviço e o bem supremos que você pdoe prestar a seus irmãos atados nas correntes de Maia - Mouni Sadhu

Destrua a diferenciação, destrua a superstição

    "Conheça a verdade e seja livre no mesmo instante." Toda a escuridão, então, desaparecerá. Quando o homem se vê como sendo um só com o infinito Ser do universo, quando toda a consciência de separação cessa, quando todos os homens, mulheres, deuses, anjos, animais, plantas e o universo inteiro se dissolvem nesta Unidade, então o medo desaparece. Posso ferir-me? Posso matar-me? Posso ofender-me? A quem devo temer? Pode você ter medo de si mesmo? Como resultado, a infelicidade deixará de existir. O que pode me causar dor? Sou a Existência única do universo. A inveja cessará. De quem posso ter inveja? De mim mesmo? Conseqüentemente, os sentimentos negativos desaparecerão. Contra quem posso ter maus sentimentos? Não há ninguém no universo, a não ser eu mesmo.
     O único caminho para o conhecimento, diz a Vedanta, é este. Destrua a diferenciação, destrua a superstição de que há muitos. "Aquele que nesse mundo de multiplicidade vê o Um; aquele que nessa vastidão insconsciente vê o único Ser consciente, aquele que neste mundo de sombras encontra a Realidade — a ele, e a ninguém mais, pertence a paz eterna."
     Esses são os pontos que se destacam nas três vertentes que o pensamento religioso da Índia seguiu em relação a Deus. Vimos que começa pelo Deus pessoal, extra-cósmico. Evolui do Deus externo ao Deus imanente ao universo. Termina identificando a própria alma com esse Deus e criando uma Alma, uma unidade, de todas as diversas manifestações do universo. Essa é a palavra final dos Vedas. O pensamento religioso da Índia começa com o dualismo, passa pelo não-dualismo com atributos, e termina no não-dualismo perfeito.
     Sabemos que muito poucos neste mundo conseguem chegar ao não-dualismo perfeito, ou ousam acreditar nele; ainda mais raros são os que têm a coragem de agir em concordância com ele. Não obstante, vemos que aí se encontra a explanação de toda a ética, moralidade e espiritualidade do universo. Por que dizem todos: "Faça o bem ao próximo?" Onde está a explicação? Por que todos os grandes homens pregaram a concórdia entre os homens e pessoas ainda mais notáveis, a fraternidade entre todas as formas de vida? Porque tendo ou não consciência disso, por trás de tudo, através de suas superstições pessoais e irracionais, despontava a eterna luz do Self, desmentindo a multiplicidade e assegurando que o universo inteiro é Um só.
     A palavra final, mais uma vez, deu-nos um universo que por meio dos sentidos percebemos como matéria, por meio do intelecto como almas e por meio do Espirito como Deus. Para o homem que joga sobre si os véus que o mundo chama de perversidade e maldade, o universo muda e transforma-se num lugar hediondo; para um outro homem, que deseja divertimentos, o universo muda de aparência e transforma-se num paraíso; para o homem perfeito, o universo inteiro desaparece e transforma-se em seu próprio Self.
     No atual estágio em que a sociedade se encontra, as três fases são necessárias. Não se contradizem, completam-se. O advaita que segue o não-dualismo perfeito, assim como o advaita que segue o não-dualismo com atributos, não diz que o dualismo está errado. É um ponto de vista legítimo, porém inferior. Está no caminho da verdade. Por isso, deixe que cada um desenvolva sua visão pessoal do universo de acordo com suas próprias concepções. Não faça mal a ninguém, não negue a crença de ninguém. Leve em consideração o plano em que um homem se encontra e, se puder, estenda a mão para ajudá-lo, conduzindo-o a um patamar mais elevado; mas não prejudique nem destrua. A longo prazo, todos chegarão à verdade. "Quando todos os desejos do coração forem vencidos, esse ser mortal se tornará imortal." O homem tornar-se-á Deus.

Swami Vivekananda
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

"Quem já sentiu o Espírito Supremo não pode confundi-LO com nada, esquecê-LO ou negar SUA existência. Ó Mundo, se recusares a reconhecer SUA existência com voz unânime, irei abandoná-lo e ainda preservar a minha fé".

"A percepção do desconhecido é a mais fascinante das experiências. O homem que não tem os olhos abertos para o misterioso passará pela vida sem ver nada." - Albert Einstein

"Enfim, podemos continuar acreditando que somos criaturas localizadas, isoladas e condenadas, confinadas ao tempo e ao corpo, e separadas de todos os outros seres humanos. Ou então abrimos os olhos para a nossa NATUREZA IMPESSOAL e ONIPRESENTE e para a MENTE UNA da qual fazemos parte. Se escolhermos a primeira alternativa, nada nos salvará. Se porém, resolvermos despertar para este divino EU, estaremos frente a frente com um novo alvorecer." - Larry Dossey