Não importa o custo, o esforço ou o sacrifício; não se esqueça de que o Caminho existe, de que o Objetivo é atingível e está além de tudo o que você possa imaginar ou conceber agora; de que qualquer preço que tenha sido pago por sua obtenção parece insignificante quando ele é obtido; de que essa é a libertação final da escravidão dos grilhões da matéria e do sofrimento com ela relacionado. A sua obtenção é o serviço e o bem supremos que você pdoe prestar a seus irmãos atados nas correntes de Maia - Mouni Sadhu

A transição da mente para a Supramente

A transição da mente para a Supramente é uma passagem da Natureza para a Supernatureza. Exatamente por essa razão, ela não pode ser alcançada por um mero esforço de nossa mente ou nossa aspiração desajudada. A Sobremente e a Supramente estão involuídas e escondidas na natureza da terra; mas para que elas possam emergir em nós, é preciso uma pressão dos mesmos poderes, já formulados em sua plena força natural nos seus planos supraconscientes. Os poderes da Supraconsciência têm que descer para dentro de nós e elevar-nos, e transformar nosso ser. 
A transição para a Supramente através da sobremente é uma passagem da Natureza tal como a conhecemos para a Supra-Natureza. Exatamente por isso é impossível a qualquer esforço da Mente ordinária alcançá-la; nossa aspiração e empenho pessoais desajustados não podem chegar até ela: nosso esforço pertence ao poder inferior da Natureza; um poder da Ignorância não pode alcançar, por sua própria força, características ou métodos disponíveis, o que está além dos domínios da sua própria natureza. Todas as ascensões anteriores foram efetuadas por uma Força-Consciência secreta operando primeiramente na Inconsciência e depois na Ignorância: ela trabalhou por uma emersão de seus poderes envolvidos à superfície, poderes escondidos atrás do véu e superiores às formulações passadas da Natureza, mas mesmo assim é preciso uma pressão dos mesmos poderes superiores, já formulados em sua plena força natural nos seus próprios planos; estes planos superiores criam seu próprio fundamento em nossas partes subliminais, e de lá são capazes de influenciar o processo evolucionário na superfície. Sobremente e Supramente estão também involuídas e ocultas na Natureza-terra, mas elas não têm formações nos níveis acessíveis de nossa consciência interior subliminal; ainda não há nenhum ser de sobremente ou natureza organizada de sobremente, nenhum ser supramental ou natureza organizada de supramente atuando, quer sobre nossa superfície, quer em nossas partes subliminais normais: pois estes poderes maiores de consciência são supraconscientes em relação ao nível de nossa ignorância. Para que os princípios da Sobremente e da Supramente involuídos pudessem emergir de seu segredo velado, o ser e os poderes da Supraconsciencia teriam que descer para dentro de nós e elevar-nos, e formularem-se em nosso ser e em nossas faculdades; esta descida é um sine qua non da transição e da transformação. 

Para uma verdadeira transformação deve haver uma intervenção direta e clara de cima; seria necessário também uma submissão e entrega total da consciência mais baixa, a cessação de sua insistência, uma vontade, nela, de que sua lei isolada de ação seja completamente anulada por transformação, perdendo todos os direitos sobre nosso ser. Se estas duas condições, mesmo agora, podem ser alcançadas por um chamado e vontade conscientes no espírito e uma participação  de todo o nosso ser manifestado e interior em sua mudança e elevação, a evolução, a transformação pode ter lugar por uma mudança de consciência comparativamente rápida; a Força-Consciência supramental de cima e a Força-Consciência envolvente de trás do véu, agindo sobre a percepção e a vontade despertas do ser humano mental, cumpririam por seu poder unido a transição capital. Não haveria mais necessidade de uma lenta evolução exigindo milênios para cada passo, a evolução vacilante e difícil operada pela Natureza, no passado, nas criaturas não-conscientes da Ignorância. 

Sri Aurobindo — The Life Divine

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

"Quem já sentiu o Espírito Supremo não pode confundi-LO com nada, esquecê-LO ou negar SUA existência. Ó Mundo, se recusares a reconhecer SUA existência com voz unânime, irei abandoná-lo e ainda preservar a minha fé".

"A percepção do desconhecido é a mais fascinante das experiências. O homem que não tem os olhos abertos para o misterioso passará pela vida sem ver nada." - Albert Einstein

"Enfim, podemos continuar acreditando que somos criaturas localizadas, isoladas e condenadas, confinadas ao tempo e ao corpo, e separadas de todos os outros seres humanos. Ou então abrimos os olhos para a nossa NATUREZA IMPESSOAL e ONIPRESENTE e para a MENTE UNA da qual fazemos parte. Se escolhermos a primeira alternativa, nada nos salvará. Se porém, resolvermos despertar para este divino EU, estaremos frente a frente com um novo alvorecer." - Larry Dossey