Não importa o custo, o esforço ou o sacrifício; não se esqueça de que o Caminho existe, de que o Objetivo é atingível e está além de tudo o que você possa imaginar ou conceber agora; de que qualquer preço que tenha sido pago por sua obtenção parece insignificante quando ele é obtido; de que essa é a libertação final da escravidão dos grilhões da matéria e do sofrimento com ela relacionado. A sua obtenção é o serviço e o bem supremos que você pdoe prestar a seus irmãos atados nas correntes de Maia - Mouni Sadhu

O Homem Cósmico


"O homem, antes de atingir certa altura de evolução, considera-se instintivamente como cidadão da Terra, ignorando a sua cidadania cósmica. Não sabe que é cidadão do universo e que aqui, neste planeta, é apenas imigrante temporário, para realizar determinado estágio evolutivo, uma certa aprendizagem que o habilite a ascender a planos superiores. E, como lhe falta toda a noção da sua verdadeira cidadania cósmica, vivendo em completa ignorância de sua pátria, o Infinito, agarras-se ele freneticamente a este átomo de areia, chamado Terra, perdido na imensidão vasta do Universo, e considera desgraça e catástrofe ter de separar-se desta pequena ilha cósmica e emigrar para outros planos de evolução. Mas, quando o homem sabe e se convence definitivamente de sua verdadeira linhagem e da função provisória que desempenha neste planeta, transfere insntintivamente o seu centro de gravitação e o foco dos seus interesses para a imensidade cósmica, para o Infinito, para a Eternidade, para Deus.

Entretanto, o homem no qual despontou essa consciência cósmica não é, de forma alguma, indiferente e apático às coisas da terra e da vida presente; pelo contrário, interessa-se viva e intensamente por tudo o que é bom e belo no plano Telúrico; trabalha com prazer, ama com ardor, procura melhorar os meios de vida e fazer do seu habitáculo terrestre um verdadeiro paraíso, porque sabe que todas as realidades terrestres, todos os seus conhecimentos e todas as suas habilidades que aqui adquirir o acompanharão a outras regiões de existência.

O homem cósmico vive aqui na Terra à luz do Eterno e do Infinito e essa consci~encia nunca lhe permite ser infeliz — ao passo que o homem profano e inexperiente da sua verdadeira natureza visa, antes de tudo, os resultados palpáveis e imediatos de seu trabalho e, se estes falharem, sente-se profundamente frustrado e infeliz.

O homem integral não afirma a matéria para negar o espírito, como o materialista — nem afirma o espírito para negar a matéria, como o asceta. O homem Cósmico está com os pés solidamente firmados na Terra e com a cabeça gloriosamente banhada pela luz eterna do céu e, quando contempla o céu, não perde de vista a Terra". 

Huberto Rohden - Cosmorama

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

"Quem já sentiu o Espírito Supremo não pode confundi-LO com nada, esquecê-LO ou negar SUA existência. Ó Mundo, se recusares a reconhecer SUA existência com voz unânime, irei abandoná-lo e ainda preservar a minha fé".

"A percepção do desconhecido é a mais fascinante das experiências. O homem que não tem os olhos abertos para o misterioso passará pela vida sem ver nada." - Albert Einstein

"Enfim, podemos continuar acreditando que somos criaturas localizadas, isoladas e condenadas, confinadas ao tempo e ao corpo, e separadas de todos os outros seres humanos. Ou então abrimos os olhos para a nossa NATUREZA IMPESSOAL e ONIPRESENTE e para a MENTE UNA da qual fazemos parte. Se escolhermos a primeira alternativa, nada nos salvará. Se porém, resolvermos despertar para este divino EU, estaremos frente a frente com um novo alvorecer." - Larry Dossey